Procure uma crítica

9.1.13

Crítica: O Espetacular Homem-Aranha

O ESPETACULAR HOMEM-ARANHA
The Amazing Spider-Man

EUA , 2012 - 136 min.
Ação / Aventura

Direção:
Marc Webb

Roteiro:
Alvin Sargent, James Vanderbilt, Steve Kloves

Elenco:
Andrew Garfield, Emma Stone, Rhys Ifans, Denis Leary, Martin Sheen, Sally Field, Irrfan Khan, Campbell Scott, Embeth Davidtz, Chris Zylka, Max Charles


A chuva de críticas negativas em cima do novo filme de Marc Webb, principalmente dentro do Brasil se mostram um tanto infelizes e injustas, apesar do filme suceder erros dos longas anteriores. A versão de Sam Raimi pra mim sempre pareceu artificial demais, e nunca foram as obra-primas que a critica sempre supervalorizou e o casal protagonista hoje, se fosse comparados a alguma franquia viva, diria que são o equivalente à Bella e Edward, apesar de Kirsten Dunst se mostrar uma boa atriz, em Homem-Aranha, talvez por culpa do diretor, nunca fez um papel que cativasse, pelo contrário, as vezes incomodava na trama. 

Pois bem, 10 anos depois, um reboot chega as telas com uma versão bem mais atualizada, realista do personagem, mas não necessariamente fiel aos quadrinhos. Pode doer aos nerds, mas a verdade é que este Homem-Aranha de fato é muito mais interessante, muito mais adolescente e consequentemente muito mais imaturo. Muito mais dentro da realidade de qualquer adolescente. Se coisas desnecessárias aqui surgem, como co-relacionar todas as histórias primarias, secundarias e centrais a trama em apenas uma, como se fosse uma novela, mostra-se desnecessário. Pouco convincente e decente é o vilão do filme, coisa que já virou hábito dentro da franquia. Apesar do diretor tentar fazer o que pode, pouco se salva em termos de qualidade. Mas se há algo que Webb demonstrou em 500 Dias com Ela e aqui dá o tom perfeito, é a direção de atores, em especial, o casal protagonista. É uma relação sensível, delicada, bonita, real e principalmente espontânea, que cativa o público a todo instante e é o ponto alto da película. 

As razões de estrutura de roteiro e toda a reestilização da franquia claramente é inspirada nos Batman's de Christopher Nolan, mas o tom de Marc foi essencial para não parecer uma copilação. Podem falar mal, The Amazing Spider-Man é muito bom sim, fugindo ou não dos quadrinhos. 

Nota: 7,5/10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

(Comentários de baixo calão serão moderados e excluídos)