Procure uma crítica

9.1.13

Crítica: A Morte Pede Carona


A MORTE PEDE CARONA
The Hitcher 

Estados Unidos, 2007 - 84 min. 
Suspense

Direção: 
Dave Meyers

Roteiro: 
Eric Red, Jake Wade Wall, Eric Bernt

Elenco: 
Sean Bean, Sophia Bush, Zachary Knighton, Neal McDonough, Kyle Davis


Não tenho nada contra os protagonistas/ vilões que seguem a linha imortal, popularmente generalizada como “MacGyvers", quando se há um roteiro com muita coerência e as situações são perfeitamente construtivas dentro do arco dramático, o Coringa de Christopher Nolan e o personagem de Javier Bardem em Onde Os Fracos Não Tem Vez, dos Irmãos Coen, ilustram exatamente o que eu digo. Deixando isso claro, posso concluir que o remake de A Morte Pede Carona, não apenas falha em praticamente todos os sentidos, mas constrói aqui um vilão que, literalmente, desafia as leis da física e qualquer coerência de roteiro. 

O diretor Dave Meyers tenta, vergonhosamente no inicio do longa, rebater todos os inúmeros absurdos que virão acontecer a seguir com estatísticas governamentais, num claro intuito de tentar convencer o telespectador de menor intelecto, que há uma coerência real entre o que veremos a seguir, com o que realmente acontece nas estradas americanas. Uma besteira sem fim. Meyers constrói uma direção falha em não explorar nenhum outro ponto do arco dramático que não seja as atrocidades cometidas pelo vilão, que ao menos poderiam ser pontos exemplares, justificando assim, sua infeliz escolha. Mas não é preciso um olhar muito atento para observar os gritantes buracos no roteiro, não exigindo apenas que o publico acredite em coincidências ou pura sorte, mas sequências que desafiam o poder até mesmo físico da capacidade humana. Um festival de exageros.

A produção de Michael Bay no longa é bem visível, tanto as (poucas) qualidades, quanto seus defeitos. Sem uma história decente ou ao menos protagonistas carismáticos, a pergunta que fica no final do longa é por que diabos, Sean Bean embarcou nesta bomba?

Nota: 3/10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

(Comentários de baixo calão serão moderados e excluídos)