Procure uma crítica

19.6.10

Crítica: Toy Story 3


TOY STORY 3

EUA , 2010 - 103 min.
Animação / Aventura / Comédia

Direção: 
Lee Unkrich

Roteiro: 
Michael Arndt, John Lasseter, Andrew Stanton, Lee Unkrich



Já faz anos que a Pixar Animation Studios é sinônimo de excelência e qualidade. A questão que sempre passou na cabeça de todos era saber quando eles errariam, a resposta é: provavelmente nunca. 

Na trama, o tempo passou e Andy (Dublado por John Morris ) já está com 17 anos e na hora de entrar para a faculdade, o que deixa Woody (Dublado por Tom Hanks) e seus companheiros desesperados com medo de acabar indo para o lixo e sendo esquecidos. Depois de uma pequena confusão, os bonecos vão parar na creche do bairro onde são usufruídos por crianças sem nenhuma "delicadeza". Para ajudar, são recebidos por Lotso (Dublado por Ned Beatty), um ursinho de pelúcia que domina todos os brinquedos do local e ainda obriga os novatos a serem as "presas" das crianças impedindo a fuga dos brinquedos de Andy.


O que a Pixar sempre nos proporcionou com seus filmes anteriores, vide, “Wall-E” e “Up-Altas Aventuras”, é contar com uma história simples de maneira formidável. Consegue aqui, inacreditavelmente, ser aperfeiçoado o que parecia ser inalterável. Toy Story 3 é simplesmente irretocável.


A maneira de brilhante de constrói uma animação infantil sem nunca subestimar a inteligência das crianças e ainda ressalta de forma simples e magnífica o politicamente correto, algo que será notado aos mais atentos, como por exemplo, uma cena onde Woody escala uma prateleira da creche cheia de material escolar, nota-se, as tesouras devidamente penduras no local mais alto e de difícil acesso ou como a subida de Buzz Lightyear na privada, onde o personagem coloca papel higiênico da borda para não sujar o vaso.

O que torna Toy Story 3 a um patamar acima das outras animações do estúdio como Wall-E (O melhor filme do estúdio até então) e Up-Altas Aventuras (2º melhor), é conseguir estabelecer uma comunicação com todos os públicos sem afetar nenhum deles negativamente. Não que isso fosse um defeito dos dois citados, mas será visivelmente compreensível a quem assistiu os últimos dois e assistir a Toy Story 3 ver que tanto Wall-E quando Up-Altas Aventuras, estabelecia uma animação infantil com um conteúdo mais adulto, o que fugia um pouquinho (mas nada que mudasse o brilhantismo dos filmes) dos conceitos dos estúdios e Toy Story conseguiu unir os conceitos do estúdio, que são filmes de aventura para toda a família com um conteúdo nada fútil como a dor da separação, a amizade e o recomeçar de novo de uma forma que agrade literalmente todos os públicos, sem apelar demais no drama ou construindo um filme de piadas fúteis, realmente, é algo único.

É igualmente sensacional e incrível ver a dedicação e a vontade de um estúdio como a Pixar que constrói e estabelece laços com o público de uma maneira jamais vista e sim, se você chorou assistindo Wall-E ou Up-Altas Aventuras, provavelmente se emocionará com Toy Story 3. Confesso que foi difícil conter as lágrimas, mas pode ficar tranquilo que de drama pesado o longa está longe, mas seus momentos "pessoais" são indiscutíveis.

Construído de forma única, o fim da primeira trilogia da Pixar saber dosar todas as químicas emocionais que possam construir o caráter e o senso de um ser humano (sim! Com aventura de bonecos) de forma que, talvez, você jamais note visualmente tudo o que eu disse, mas, com certeza, sentirá. Isso é o essencial.

Uma das melhores animações de todos os tempos.

Nota: 10,0


[P.S: O Curta que inicia o espetáculo da Pixar é igualmente brilhante ao filme]

5 comentários:

  1. Nossa. O filme foi simplesmente sensacional! Espero que não seja uma trilogia, senão vou ficar com muita saudade dos meus heróis favoritos. Chorei mto

    ResponderExcluir
  2. Sou muito mais as animações do Miyazaki. Talvez seja por eu não ser mais criança, pois mesmo os filmes da pixar tratando de um forma mais adulta, ainda sim os filmes são direcionados para o público infantil.

    ResponderExcluir
  3. Realmente espetacular

    ResponderExcluir
  4. Nossa eu voltei a minha infancia, eles fizeram parte da minha historia choreii bastante, o filme mostra a verdadeira amizade, e gostei da parte de dar os brinquedos pra mim desapegar tbm foi duro rsr pois há um carinho uma lembrança... Toy story é uma trilogia sensacional aquela que deixa saudades, nao é enjoativa... é mara!

    ResponderExcluir
  5. 10 para esse filme também! Realemte é uma das melhores animações "ever"! A história ficou fantástica, rever meus brinquedos favoritos me deixou bem nostalgica e me amocionei muito no fim do filme. Alto nível de animação, excelente roteiro, é um filme que toca o coração e todo mundo que assite se identifica com a história. Amei, simplesmente amei!

    ResponderExcluir

(Comentários de baixo calão serão moderados e excluídos)